Gilberto Freyre

 

Imigrantes Italianos chegando ao Brasil

Escravos

 

A língua brasileira é um português mais relaxado. Gilberto Freyre conta como as negras amas cuidavam da língua, como se cozinhassem. Retiravam os ossos e tudo que agredia o paladar. (V. Casa Grande e Senzala).

Alem do mais, os inúmeros imigrantes, principalmente italianos, funcionaram como componentes e formantes, modulando a sonoridade e articulação de nossa língua.

O poeta cantante suaviza esta fala duplamente. Retira dela tudo que não seja cantável.

Daí, desenvolve-se o prazer sensual gustativo de cantar, como se come palavras e melodia.

Este elemento, associado ao neo-europeísmo da melodia brasileira, deu à canção popular um leve matiz mitológico. Seus atratores.

Djavan

Leonel Azevedo

J. Vercilo

Em Djavan encontra-se a exata medida de articulação alegre e virtuosa, africana-americana-cosmopolita. O equilíbrio silábico-melismático. E melancolia lusitana.

Flui e resolve-se, com leveza e facilidade, em melodia brasileira, modernamente romântica, sob a direção de seu sotaque claramente nordestino.

O modo como tudo equilibra-se é admirável.

Ouve-se quase o Brasil inteiro. O Nordeste, o Rio, o cosmopolitismo de S. Paulo, algo da Bahia. Ouve-se G. Gil, algo de Orlando Silva, Leonel Azevedo e Cândido das Neves. Mais distante ressoam ainda Jorge Ben Jor e Tom Jobim.

Com o aparecimento de Jorge Vercilio pode-se falar de uma Escola Djavan.

É importante observá-lo em sua articulação particular.

Resulta da intensificação da aferência que rechaça a eferência, com objetivo determinado. A consciência é tomada pelas pegadas da universalização que permaneceram nas estruturas parcialmente decompostas.

Desse modo, estruturas básicas permanecem. Todavia, a agressividade do elemento aferente mantém o eferente à distância. Cancela, parcialmente, o sistema cognitivo.

Candido das Neves

Acontecimento representativo da intervenção do Tropicalismo no “Brasil crioulo” (V. D. Ribeiro, O Povo Brasileiro).

Este processo compositor sugere-se como poiética indicativa. Atividade Diretora para o desenvolvimento deste grupo étnico e cultural.

Anúncios