Como trabalhar com Cenários Futuros

O presente em que vivemos é, na verdade, um passado, pela defasagem entre hábitos e modelos anacrônicos de pensar e a velocidade das transformações. Assim, não utilizamos plenamente as possibilidades que temos a disposição. Sua aplicação, pela democratização da informação, acesso e utilização de ferramentas apropriadas e relacionamento intenso com a realidade constitui o presente atualizado. Aparece como futuro próximo, imediatamente acessível e manejável.

A partir desta atualização, revelam-se possibilidades de atuação neste futuro inter-subjetivo, alem de necessidades, predileções etc. imediatamente deduzíveis como prognoses, a partir do presente atualizado. A realização torna esta possibilidade realidade trans-subjetiva.

Dispor cenários, a partir desta nova realidade, organiza e articula retroversamente as ações e pensamentos, no momento atual. Igualmente acessa vantagens e novas possibilidades emergentes.

Tais procedimentos são dependentes de ferramentas de seleção e processamento da informação. Mais alem, conceitos adequados para relacioná-las com o futuro. A progressiva habituação da utilização consciente de abduções é instrumento central. Isto resume-se em dar ao pensar maior diversidade, simultaneidade, flexibilidade e velocidade, equilibrando conscientemente o pensar dedutivo e abdutivo, particularmente desenvolvido para tecer cenários futuros.

Tais práticas apresentam-se em modo pré-científico na população. Devem ser desenvolvidas ao nível de tecnologias e propostas como aplicações sistemáticas e planejáveis, com valor e objetivos pragmáticos.

Uma possibilidade de aplicação pratica transcorre pela Analise Morfológica. Coleta, organiza e relaciona parâmetros existentes, prováveis, possíveis e prediletos deste futuro. O processamento para sua identificação pode lançar mão de ferramentas do instrumentário da EPI. Por exemplo, o esboço da Teoria do Brasil e a Lógica da Abdução de C. S. Peirce.

_______________________________________________________________

Edson de Melo

© Copyright 2011-2012 – Todos os direitos reservados


Anúncios