Qual a necessidade deste desenvolvimento, o que é isto exatamente, como desenvolve-se, como funciona, como modernizar-se, como intelectual ou artista poderá usar

Trata-se da concepção do homem contemporâneo, na realidade brasileira atual. Característico em países como o nosso é o entusiasmo e fácil assimilação de tecnologias de ponta. Isto nos contrasta com os cidadãos de países industrializados.

Igualmente, modos antropofágicos, muitas vezes selvagens, de pensar, integrar o passado, presente, próximo e distante, erudito e popular, romântico e pragmático, como foram desenvolvidos e propostos como princípios na EPI II (Sistemática Criatividade Heurística).

Tais componentes propõem novo paradigma para o sujeito pensante. A integração incrementativa do pensador clássico, agora conectado com sistemas eletrônicos de comunicação e processamento, alem de novas possibilidades de pensar, sugeridas por um instrumentário abrangente e diversificado, igualmente conectado com o futuro recente.

Assim, o PAI é um conceito dispositivo que une produtivamente o  pensamento erudito, com a criatividade popular, inventiva, administrativa e critica.  Tudo isto, incrementa-se com o caráter antropofágico, dos brasileiros,  articulado sob a plena utilização das tecnologias mais modernas. Assim, cristaliza-se um tipo para atividades intelectuais. O cidadão consciente vivendo no presente atualizado que é na verdade o futuro recente e já realizado.

O processo de desenvolvimento transcorre pelo estudo, exercício e constante aplicação do instrumentário proposto na EPI I. O objetivo e alinhar e adequar o pensar a diversidade, elementos emergentes e velocidade da realidade no Brasil.

Bill Gates

_____________________________________________

Edson de Melo

© Copyright 2011-2012 – Todos os direitos reservados

Anúncios